Dois advogados baianos chegaram a Aracaju, na tarde desta quarta-feira (22), para atuar na defesa do homem que atirou no delegado Marcelo Hercus, 41, e dos dois comparsas dele, Daniel dos Santos, de 32 anos, e Manoel Santos Farias Neto, 27, presos no começo da manhã.

O terceiro envolvido é Wellington de Carvalho Bispo, de 26 anos. Segundo a polícia ele já tem passagem pelo sistema penitenciário e estava cumprindo pena em regime domiciliar. Ainda de acordo com as informações, durante abordagem do delegado, Wellington foi baleado no braço esquerdo.

Segundo os advogados, ele fez contato ontem (21) à noite e disse que estava no mato, ferido e que queria se entregar, mas posteriormente deixou de fazer contato.

Os advogados vão acompanhar a audiência de custódia dos dois presos, marcada para 15h de hoje, e também estão negociando a entrega de Wellington.