Em seu 13º informe técnico, o Ministério da Saúde confirmou nesta quinta-feira, 29, que irá distribuir uma nova remessa de vacinas entre os estados da federação. Para Sergipe, ficou previsto o envio de 47 mil doses, distribuídas em: 46 mil doses da Oxford/ Astrazeneca, desenvolvida em parceria com a Fiocruz, e outras 1 mil doses da CoronaVac (Instituto Butantan/ Laboratório Sinovac).

A chegada dos imunizantes coincide com a cobrança feita pela Prefeitura de Aracaju ao Ministério da Saúde sobre a falta de doses no município para dá continuidade a vacinação, que até o momento segue suspensa para aplicação da 2ª dose da CoronaVac.

Embora tenha anunciado o envio dessa nova remessa para Sergipe, o informe técnico não estipula um horário para que essas doses cheguem ao estado. A pasta da Saúde informou apenas que a distribuição dos imunizantes para todos os estados do Brasil irá começar nesta quinta.

Em relação à aplicação das doses, o ministério afirmou que serão destinadas para à vacinação de idosos entre 60 e 64 anos, forças de segurança e salvamento e Forças Armadas que atuam na linha de frente da pandemia. “A estratégia de distribuição de vacinas Covid-19 é revisada semanalmente em reuniões tripartites (governos federal, estaduais e municipais), observando as confirmações do cronograma de entregas por parte dos laboratórios”, disse a pasta.

O Ministério da Saúde diz ainda que orienta a população sobre a importância de tomar a segunda dose da vacina Covid-19, mesmo que a aplicação ocorra fora do prazo recomendado pelo laboratório, para assegurar a proteção adequada contra a doença.