Assembleia Legislativa dará continuidade às comemorações ao Bicentenário da Emancipação Política de Sergipe, que tiveram início no ano de 2020 e foram suspensas, por tempo determinado, por conta da pandemia do COVID-19. Ao longo do ano de 2020 foram organizadas oito conferências, duas mesas redondas, três documentários exibidos pela TV Alese e pelos canais TV Alese no YouTube, Facebook e Instagram. Toda a produção foi transformada em 15 programas de TV, exibidos nos mesmos espaços.

O professor e integrante da Comissão de Organização do Bicentenário de Sergipe, Jorge Carvalho, explicou que o ciclo de conferências foi iniciado de forma presencial em março de 2020, contudo, diante da pandemia do novo conoravírus, as conferências passaram a ser apresentadas por videoconferências

No ano de 2020, as atividades contaram com as participações presenciais da professora doutora Maria de Deus Manso (Universidade de Évora – Portugal), que falou sobre a temática “O Império Português: Centralidades e Periferias – o Caso de Sergipe Del Rey; do professor doutor Pedro Abelardo de Santana (Universidade Federal de Alagoas), que tratou sobre “Os Índios e a Colonização em Sergipe.

Com a pandemia, as videoconferências contaram com as participações dos professores doutores Edna Mattos Antônio (Universidade Federal de Sergipe);

Jorge Carvalho do Nascimento (Universidade Federal de Sergipe e Assessor da Alese); Petrônio José Domingues (Universidade Federal de Sergipe); Marilza Oliveira (Universidade de São Paulo). Além de mesas redondas e documentários.

Para 2021, existe uma programação com conferências que serão exibidas nos canais de comunicação da Assembleia Legislativa de Sergipe, com data a serem definidas com as temáticas: A Saúde Pública em Sergipe, Instituições e Intelectuais da Cultura em Sergipe; Sergipe na Era do Rádio; Sergipe na Era da TV; Sergipe em Tempo de Guerra.