A vacinação dos trabalhadores da Educação começa nesta segunda-feira (24) em Sergipe. De acordo com o Plano Estadual de Imunização, cerca de 38 mil profissionais fazem parte desse grupo prioritário, mas como a disponibilidade de doses de vacinas ainda é pequena, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) definiu um escalonamento da imunização atrelado à retomada das aulas presenciais nas unidades de ensino públicas e privadas. 

Neste momento, serão vacinados trabalhadores com faixa etária entre os 45 e 59 anos, que estão em atividade ou vão atuar em creches, pré-escolas e nas séries iniciais do ensino fundamental, ou seja, primeiro e segundo ano.

Além dos professores, são considerados parte desse grupo, outros profissionais que estão dentro das unidades escolares, a exemplo de merendeiras, vigilantes, oficiais administrativos e executores de serviços básicos.

O quantitativo definitivo de profissionais que deverão receber a primeira dose está em atualização, segundo a SES, porque muitas unidades de educação ainda não encaminharam os dados necessários. Inicialmente, os gestores estão seguindo as informações do censo escolar 2020. 

“As doses foram enviadas a partir de uma reserva técnica que o Estado possui, não contempla a totalidade dos profissionais da educação do estado de Sergipe, por isso, iremos começar por etapas”, destaca o diretor de Vigilância em Saúde, Marco Aurélio Góes.

Cada município tem autonomia para definir a estratégia de vacinação com a meta de alcançar 90% desse público-alvo. 

“A gente recomenda que o avanço seja gradativo para garantir que aqueles com idade superior sejam vacinados antes dos mais novos. Cada gestor municipal tem a independência em determinar como vai ser a sua vacinação, fica sob responsabilidade e governança do município”, reforçou Aurélio.