A Secretaria da Saúde de Aracaju e a Secretaria da Saúde de Sergipe autorizaram o Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), filial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), a retomar dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e dez de enfermaria para pacientes com covid-19. A decisão foi comunicada à governança do HU-UFS na segunda-feira, 15.

De acordo com a presidente do Comitê de Enfrentamento Institucional à Covid-19 do HU-UFS, Ana Paula Vasconcelos, as secretarias solicitaram que a Ebserh colaborasse com a retomada de leitos específicos para a doença, uma vez que a autorização concedida no início da pandemia estava expirada desde setembro de 2020. “Sempre nos colocamos à disposição dos gestores municipal e estadual. Entendemos que houve sensibilidade na análise das tratativas e, agora, poderemos retomar esse importante serviço”, destaca.

As secretarias autorizaram a reabertura de dez leitos de UTI e oito de enfermaria exclusivos para adultos com covid-19, além de dois leitos de enfermaria para atendimento aos pacientes pediátricos. “Nós nos antecipamos e começamos o planejamento já há alguns dias, antes mesmo do aval das secretarias, na expectativa de podermos iniciar o serviço o mais rápido possível”, explica Ana Paula. A partir de agora, o Comitê trabalha na reorganização dos espaços físicos, mudanças nos fluxos de trabalho e montagem das equipes, para que os leitos estejam disponíveis à regulação no decorrer dos próximos dias.

Manutenção dos demais serviços

Com a retomada do serviço exclusivo para atendimento a pacientes com covid-19, o HU-UFS coordenará ações para a manutenção dos demais serviços oferecidos pela filial da Ebserh em Aracaju. No entanto, é possível que haja redução em alguns tipos de atendimento aos demais pacientes ambulatoriais e hospitalares regulados pelo gestor municipal.

Para dar suporte aos servidores, a Ebserh reabriu as inscrições dos processos seletivos simplificados (PSS), os quais contemplam vagas de trabalho temporário no HU-UFS. Clique aqui e saiba mais.

*Com informações do HU/Ebserh