O longo período de estiagem em Sergipe vem causando consequências danosas em várias regiões. Com a finalidade de buscar alternativas para os moradores dos municípios em situação de emergência, os deputados Diná Almeida (PODE) e Talysson de Valmir (PL) estão reivindicando ao Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil de Sergipe (Depec) e à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano (Sedurbs, a retomada da Operação Carro-pipa.

A Operação Carro-pipa realizada pelo Exército Brasileiro com recursos do Governo Federal foi suspensa no último dia 20 de fevereiro e o retorno depende de uma aprovação na Lei Orçamentária pelo Congresso Nacional. Em Sergipe, cerca de 58 pipeiros são cadastrados para levar água aos municípios castigados pela seca e atualmente o desabastecimento atinge mais de 37 mil pessoas.

Semana passada, a deputada Diná Almeida (PODE) se reuniu com o secretário executivo do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil de Sergipe (Depec), capitão Alysson de Carvalho Santos. Na oportunidade, ela solicitou o retorno da Operação Carro-pipa aos municípios em situação de emergência, a exemplo de Tobias Barreto.

“A população precisa ser amparada pela Operação Carro-pipa durante esse período de estiagem. Estivemos semana passada com o secretário executivo da Defesa Civil Estadual, capitão Carvalho e com a gerente de Planejamento, Capitã Flávia Emanuela, visando dialogar sobre soluções para melhorar o abastecimento de água nos povoados de Tobias Barreto”, destaca.

Foi aprovada na Assembleia Legislativa de Sergipe, a Indicação nº 81/2021 de autoria do deputado Talysson de Valmir (PL), solicitando ao Governo do Estado através do Departamento de Defesa Civil e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano, a retomada da Operação Carro-pipa.

A expectativa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano (Sedurbs) é de que a Operação Carro-pipa seja retomada nos próximos dias, visando atender aos municípios em situação de emergência decretada: Monte Alegre de Sergipe, Canindé do São Francisco, Tobias Barreto, Poço Redondo, Carira, Poço Verde, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora Aparecida e Gararu. São Miguel do Aleixo, Porto da Folha e Frei Paulo aguardam publicação do decreto.

Fonte: Alese