Nesta sexta-feira, 13 de maio, a poeta cordelista, declamadora e pesquisadora, Emilly Barreto estará lançando mais uma obra em Literatura de Cordel: “Padre León Gregório, o profeta do sertão.” O lançamento será realizado no Calçadão Dona Janete, às 19h30.

Sobre a obra

Um folheto bilíngue que narra em versos a história do Padre León Gregório, enaltecendo a cultura e rememorando as ações que o Padre realizou no município de Nossa Senhora da Glória. No início deste ano a obra bilíngue “Padre León Gregório, o profeta do sertão” foi lançada em  Poitiers na França.

Sobre a autora

Claudia Emilly Silva Barreto, natural de Nossa Senhora da Glória, é técnica em Agropecuária pelo Instituto Federal de Sergipe (IFS), graduanda em Letras Português pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) e atualmente dedica-se a pesquisas na área da literatura popular.

Está como membro temporário do Centro Internacional e Multidisciplinar de Estudos Épicos (CIMEEP), é membro da Academia de Letras Estudantil de Japoatã (ALEJ), da Academia de Artes, Ciências e Letras do Brasil (ACILBRAS), da Academia Municipalista de Sergipe (AMS), da Academia de Cordel de Mato Grosso do Sul (ACOMS) e do Movimento Cultural Via láctea (MVL).

A cordelista é finalista no concurso literário Maria Iracema dos Santos em 2017 e 2018, 1° lugar no concurso literário da Controladoria geral do estado de Sergipe 2018, recebeu o prêmio AGL destaque literário do ano 2020, premiada a nível estadual no prêmio Oxente 2021 como cordelista destaque.

É autora das obras: Lampião, Herói ou Vilão? (2019), Jeitinho Brasileiro o Apelido da Corrupção (2020), Duas faces de mim (2021) obra premiada pela lei Aldir Blanc.  Professora e radialista, aplica o cordel como instrumento didático na sala de aula e apresenta programas de cunho cultural. Divulga seu trabalho através do YouTube e Instagram: no perfil “Um amontoado de versos”.