O influenciador digital Carlinhos Maia comentou pela primeira vez a condenação da Justiça Sergipana por ter rabiscado o quadro da artista plástica sergipana Lau Rocha. Em uma postagem no instagram, ele pede desculpas, mas volta a afirmar que teve autorização da proprietária do hotel onde estava hospedado em Aracaju para praticar o ato.


“Fica a lição para mim e para todos: mesmo que a obra tenha sido comprada há anos, você não pode desenhar em cima. Mesmo com a autorização de quem pagou pelo quadro, ‘como foi o meu caso’! Mais uma vez ficam minhas desculpas”, declarou o influenciador, que tem mais de 22 milhões de seguidores no perfil do Instagram. 

O humorista alagoano deverá pagar uma indenização de R$ 30 mil, conforme decisão do juiz Cristiano José Macedo Costa, da 11ª Vara Cível de Aracaju, que considerou que o ato de Carlinhos Maia “implicou, por si só, na modificação da obra de autoria da requerente e, por consequência, na violação do seu direito moral de integridade, o que é suficiente a ela conferir o direito ao ressarcimento”.

O quadro original mostrava uma mulher sem rosto segurando um buquê de flores. Carlinhos decidiu usar uma caneta para desenhar olhos e boca na personagem e publicou os vídeos no seu perfil oficial. “Os hóspedes desse hotel vão me agradecer“, disse à época, gerando uma repercussão negativa. Ele, então, disse ter recebido autorização da proprietária do hotel.

A direção do Hotel não comentou o assunto até o momento.