Após o assassinato do agente penal Deyvicson Santos por um detento no Presídio de São Cristóvão, o deputado Georgeo Passos (CIDADANIA), voltou a cobrar rapidez no processo de convocação de servidores efetivos.

“Não podemos mais permitir que nossos homens estejam expostos e que mais tragédias aconteçam. Sempre estou em busca de informações sobre os policiais penais que serão lotados no presídio semi-aberto da cidade de Areia Branca”, afirma.

Georgeo Passos informou que em fevereiro desse ano, enviou um ofício ao secretário de Estado da Justiça, Cristiano Barreto, cobrando informações de como acontecerá o processo de convocação, ou seja, se serão servidores efetivos ou terceirizados.

“Na semana passada obtive uma resposta de que não há previsão de inauguração para a unidade de Areia Branca, em virtude do local estar servindo de isolamento para detentos, e quando for inaugurado, a lotação será feita por servidores efetivos”, ressalta.

Fonte: Alese