Nesta quinta-feira, 25, durante a reunião do Comitê Científico e de Atividades Especiais, foi discutida a situação da Covid-19 em Sergipe. Segundo o governador Belivaldo Chagas, existe a possibilidade de decretação de toque de recolher caso os números da doença cresçam no Estado.

“Em relação às medidas, faremos uma reunião de hoje a oito dias, porque queremos discutir os números relativos ao Carnaval. Por isso achamos conveniente somar os números dos últimos oito dias com os próximos oito dias. Vamos ver se será decretado o toque de recolher ou não. Mas, não está descartado. Se daqui a oito dias não vermos uma redução desses números, aí sim será decretado o toque de recolher”, disse o gestor.

Ele pontuou que, com a chegada das novas doses das vacinas, será possível iniciar a imunização dos idosos entre 80 e 89 anos.

“Foi uma reunião mais demorada do que o normal, porque discutimos sobre a distribuição das vacinas que recebemos. Chegamos à conclusão que contemplaremos a população dos 80 aos 89 anos”, ressaltou Belivaldo.

Sobre a possibilidade de colocar barreiras nas divisas, o governador descartou essa hipótese. “Não há razão para fechar barreiras e impedir o direito de ir e vir, mas é conveniente que os municípios coloquem barreiras de fiscalização”, finalizou Belivaldo Chagas.