Única tribo onde vivem índios aldeados em Sergipe, os Kariri-Xocós foram contemplados no primeiro grupo prioritário para receber as doses da vacina contra a Covid-19, de acordo com o Plano Nacional de Imunização. As doses do primeiro lote de vacinas que chegaram a Sergipe, foram enviadas ao município de Porto da Folha para que a imunização dos índios Xocós fosse iniciada logo no começo da vacinação no Brasil.

No total, foram enviadas 520 doses da vacina Coronavac para as duas etapas. O que representa a imunização de 100% dos índios aldeados. 249 doses foram aplicadas com a primeira dose, representando 96% dos índios vacinados e 222 doses foram aplicadas no período recomendado para a segunda dose. Isso representa 85% dos Xocós imunizados contra a Covid-19.

Segunda e enfermeira do Programa Estadual de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde, Ana Lira, o avanço na vacinação entre os índios é um motivo de alívio. “Sergipe só tem indígenas aldeados no município de Porto da Folha. Nossa logística de distribuição também foi ágil para que esse público fosse contemplado rapidamente”, destacou.

Outros grupos

A cobertura vacinal também avança em outros grupos prioritários. Nos trabalhadores da saúde, 80,7% da primeira dose enviada foi aplicada e 64,5% da segunda dose. Quanto aos idosos e deficientes que vivem em instituições de longa permanência, 105% da primeira dose enviada foi aplicada e 94% da segunda dose.
Já com relação aos idosos acima de 90 anos, 88% da vacina enviada para primeira dose já foi aplicada. Ainda não começou a vacinação da segunda dose por causa do intervalo de tempo necessário.

Fonte: SES