O Instituto Nacional de Inclusão Social- INIS, em parceria com a Prefeitura Municipal de Poço Redondo e Canindé, distribuiu na última terça-feira, 01 de junho, Cestas verdes. As Cestas foram adquiridas por meio do Programa de Aquisição de Alimentos- PAA, do Governo Federal, na Modalidade Doação Simultânea, que tem como Executora a Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social- SEIAS.

Nesta etapa inicial foram beneficiadas cerca de 200 famílias, sendo 120 em Canindé de São Francisco e 80 em Poço Redondo. Essas famílias vivem em situação de risco e vulnerabilidade social assim como também convive com os agravantes da insegurança alimentar e nutricional.

De acordo com o Diretor Presidente do INIS e Presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Canindé de São Francisco, Andrenito Menezes, essas cestas chegam em momento importante diante da situação de pandemia que enfrentamos. “O PAA se configura como uma ação imprescindível neste, principalmente quando se refere a um momento de agravamento e calamidade pública em decorrência da pandemia do Coronavírus. Estamos em um dos municípios que possui um dos mais baixos IDH’s e a questão da insegurança alimentar tem sido uma das principais preocupações, visto que retornamos ao Mapa da Fome nos últimos anos” ressaltou Andrenito e completou “Por isso, é necessário construir alternativas solidárias entre a Sociedade Civil e o Governo pautando sempre o fortalecimento das políticas públicas, orientadas pelos normativos atuais, tendo a participação ativa do Controle Social materializada nos Conselhos municipais e Estaduais de Segurança Alimentar e Nutricional”.

A ação teve o apoio e participação ativa da Vice-prefeita, Aline Vasconcelos, que não mediu esforços em se somar enquanto gestora pública, disponibilizando toda logística para chegar até Poço Redondo. Assim também aconteceu em Canindé, logo que tomou ciência da ação a Secretária Inclusão, Trabalho e Desenvolvimento Social, Edilma Lins, disponibilizou sua equipe para realização das entregas junto com o INIS.

Para a secretária de Inclusão, Trabalho e Desenvolvimento Social, Edilma Lins, a ação é de suma importância para o fortalecimento da segurança alimentar e nutricional no município. “Através do PAA tanto os agricultores são beneficiados com o escoamento de sua produção quanto as pessoas em situação de risco alimentar que são contempladas com os kits de alimentos, sobretudo nesse momento de pandemia em que vivenciamos maiores índices de risco alimentar.”, conclui.

Com informações do INIS