A maior parte das pessoas ouvidas pelo Ministério da Saúde na consulta pública sobre vacinação infantil é contra a obrigatoriedade de receita médica para a imunização de crianças entre 5 e 11 anos de idade contra Covid-19. No entanto, o governo seguirá com a recomendação de exigir prescrição médica para a vacinação do público infantil.

A informação foi divulgada pela secretária Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, Rosana Leite de Melo, durante audiência pública promovida pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (4/1).

O evento, realizado na sede da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), em Brasília (DF), conta com participação de representantes do governo federal e de associações médicas.

Fonte: F5News