O motorista de uma carreta morreu após sofrer uma parada cardíaca durante um acidente, registrado na BR 101, no município de Santa Luzia do Itanhy, no sul de Sergipe, na noite dessa terça-feira (13). Ele bateu frontalmente com outra carreta, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o que gerou uma interdição de cerca de três horas na pista.

O condutor da carreta não foi oficialmente identificado pelo Instituto Médico Legal (IML) até o começo da manhã desta quarta-feira (14). 

De acordo com a PRF, a colisão ocorreu por volta de 19 horas entre as duas carretas tanque na altura do km 163 da rodovia federal. Uma delas armazenava amônia e a outra uma pequena quantidade de gasolina. 

A via precisou ser totalmente interditada por conta do alto risco de explosão, ocasionando um congestionamento de 3 km em um dos lados da pista e 4 km no outro.

Várias equipes atuaram no local, com o apoio do Samu e do Corpo de Bombeiros, e somente após três horas de trabalho foi descartado o risco de explosão.

A via ficou totalmente interditada entre 19h e 22h20, parcialmente interditada por meia hora, sendo liberada totalmente às 22h50.

Ainda conforme registro da PRF, os condutores das carretas sofreram ferimentos leves e ainda não foi possível esclarecer se o motorista que faleceu teve o mal súbito antes ou após a batida.