“A gente tem que ter a humanidade de analisar o caso com bastante equilíbrio. A própria Maria Jocielma vive em condição indigna, trabalha cantando materiais recicláveis e usava a égua para tracionar uma carroça e coletar esse material”. A declaração foi dada pelo delegado Clever Farias, em entrevista ao Jornal da Fan, na manhã desta quinta-feira, 22.

Durante a entrevista o delegado trouxe informações sobre mais uma situação de maus tratos a animais envolvendo a catadora Maria Jocielma da Silva, de 38 anos.

No mês passado repercutiu nas redes sociais um vídeo em que a deputada estadual Kitty Lima agia com abuso de autoridade, coagindo a mulher e a acusando de maltratar animais, principalmente um cavalo, que estava com um olho furado.

A deputada estava acompanhada de policiais civis, que levaram o cavalo e três cachorros que estavam em posse de Jocielma.

 A deputada foi bastante criticada e a mulher chegou a receber uma nova égua, mas no último dia 19 a polícia voltou a receber denúncias de maus tratos a animais envolvendo dona Maria Jocielma.

“Quando chegamos lá constatamos que a égua estava bastante abatida, presa em um local inadequado, sem água e sem comida. Quando a gente conversa com a dona Jocielma, a gente percebe que ela é uma pessoa humilde, de pouca instrução. Então, ela não tem condições, nem entendimento. Talvez ela não tenha o dolo intencional de maltratar o animal, contudo não pode se eximir da responsabilidade da lei’’, ponderou o delegado.

Dona Jocielma será indiciada por maus tratos a animais em três situações: um dos cachorros levados da casa dela no mês passado morreu, portanto ela será responsabilizada, além dos maus tratos cometidos contra o primeiro cavalo e agora com relação a égua.

O homem que doou a égua à dona Jocielma foi acionado para recuperar o animal.

O caso será encaminhado à Justiça.

“A gente não pode alegar desconhecimento para se eximir da responsabilidade da lei. Assim como dirigir um carro, para criar um cavalo a pessoa precisar ter habilitação mínima para tal e saber que aquele animal precisa de alguns cuidados específicos”, pontuou.

Após a divulgação da nova situação envolvendo dona Jocielma a deputada estadual Kitty Lima, publicou um vídeo em suas redes sociais, alegando que foi vítima de uma armação política.