Na última sessão que ocorreu nesta terça-feira (23) o deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (Cidadania) fez duras críticas ao governador Belivaldo Chagas (PSD), após o chefe do executivo dizer em uma emissora de rádio que o senador Alessandro Vieira (Cidadania) quer ganhar palanque. Segundo Dr. Samuel Carvalho, em um vídeo divulgado pelo senador nas redes sociais, o parlamentar pede encarecidamente ao governador responsabilidade na possível falta de estrutura em alguns municípios com relação a vacinação. Para Dr. Samuel, a declaração do senador representou uma crítica construtiva e não um palanque político.

Dr. Samuel afirmou que o governador não sabe receber críticas. “A declaração feita pelo senador foi dentro da normalidade plausível com relação a isso. Em nenhum momento se questionou a compra ou distribuição de vacinas. Belivaldo parece ser o dono da verdade. Não quer ser criticado? Então deixe de ser governador. O que foi pedido foi apenas uma responsabilidade por parte do Governo em ajudar os municípios que não tem suporte suficiente para a vacinação. O palanque político foi desmontado assim que acabou a eleição de 2020, agora precisamos pensar no povo”, esclareceu.

Segundo dados do Consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, Sergipe tem o segundo pior índice de vacinação no Brasil. Para Dr. Samuel, isso é um absurdo. “Não dá para termos os piores índices do Brasil, a gente fica triste em ver uma notícia como essa. Sergipe só vacinou 1,88% da população. Quem tem que assumir a responsabilidade com relação a isso são os prefeitos, Belivaldo?”, indagou o deputado.

Por fim, Dr. Samuel pediu que o governador tome providências no tocante à vacinação e outros assuntos de Sergipe. “Belivaldo precisa tomar as rédeas do Estado e pensar em um plano de vacinação, na retomada da economia e em discutir o pacto federativo com relação ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Vamos ficar pagando a gasolina mais cara do Brasil é? A responsabilidade é do governador. Belivaldo, resolva esses problemas que estamos enfrentando enquanto é tempo, pois no próximo ano você vai para casa resolver suas coisas”, finalizou.

Fonte: Ascom Parlamentar