Em mais uma ação conjunta da Operação Concórdia, que integra as forças policiais no estado de Sergipe, policiais rodoviários federais e policiais militares apreenderam nas primeiras horas desta quinta-feira (04), diversos equipamentos de telefonia sem nota fiscal, escondidos em um caminhão. O flagrante aconteceu no km 109 da BR-235, no município de Carira, no agreste sergipano.

Os policiais do Comando de Operações Especiais (COE) da PRF/SE e do Grupamento Especial Tático de Motos (GETAM) do 3º Batalhão da Polícia Militar (BPM) abordaram o condutor de um veículo VW/24.280, com placas de Sergipe, que teria iniciado viagem no Paraná com destino ao Ceará.

Durante a fiscalização, os policiais constataram que a nota fiscal apresentada para a carga de farinha de trigo possuía inconsistências. Busca minuciosa revelou que debaixo dos sacos de farinha havia um compartimento oculto no assoalho. Dentro dele foram encontrados 463 celulares de diversas marcas e modelos, além de dez tablets, mercadorias cujo o valor total estimado ultrapassa R$ 1 milhão.

O motorista portava 15 comprimidos de “rebite”, medicamento proibido no Brasil que possui anfetamina em sua composição. Na cabine do caminhão, os policiais descobriram ainda um rádio comunicador não autorizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

Diante da possibilidade do material ter sido adquirido no Paraguai, a ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal em Aracaju.

*Com informações da PRF