O deputado estadual Zezinho Sobral, presidente do Podemos em Sergipe, anunciou nesta terça-feira, 27, que deixará o partido. O motivo da saída, segundo o parlamentar, são divergências políticas e ideológicas.

Na semana passada, a delegada Daniella Garcia deixou o partido Cidadania e se filiou ao Podemos, motivo que desagradou a executiva estadual. Zezinho explica que o Podemos fez a opção de defender a composição do partido no Congresso Nacional em detrimento do estado.

“Entendemos a decisão que a executiva nacional teve que adotar, mas em Sergipe, em função de divergências locais, essa decisão traz consequências graves e não há como ocorrer um alinhamento. Todos os vice-prefeitos e os vereadores que estão na linha tem uma condução política divergente da aliança que foi feita, e isso causa uma ruptura”, explica Zezinho.

O parlamentar adianta que entregará a direção do partido em Sergipe e que ingressará no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), pedindo sua desfiliação. “A presidente estadual do Podemos Mulher já sinalizou que vai entregar a direção, o diretório de Aracaju também, outros diretórios municipais não vão renova. Então, diante de tudo que vem acontecendo, eu não tenho outra opção a não ser entregar a direção do partido para que o diretório nacional execute os compromissos que assumiu com os novos filiados. E vida que segue”, enfatiza Sobral que afirma que deixará o partido assim que possível.

“Uns vão permanecer no partido, outros não. Quem tem mandato, como eu, não podes sair agora, a não ser que peça ao TRE, como vou pedir. E se o TRE não autorizar minha saída, vou esperar a janela como todos que tem essa oportunidade. Isso está resolvido e muito tranquilo”, garante.

Novo partido

Zezinho adiantou que foi convidado por vários partidos, a exemplo do PSD, DEM, Partido Novo e até pelo PDT, do prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira. “Recebi vários convites, várias ligações e fico muito feliz. Sei que isso é fruto de um projeto coletivo porque eu acredito que na política não se faz carreira solo, quem se isola fica sozinho. Eu vou avaliar todas as propostas e em breve anuncio minha decisão”, finaliza.