A Polícia Federal (PF) não encontrou irregularidades nas investigações feitas por suas equipes em Sergipe, acerca da queda de um avião de pequeno porte no dia 6 de maio, em Aracaju, provocando a morte do piloto Adriano Leon.

“Foram concluídas as investigações preliminares e um relatório foi encaminhado ao Ministério Público”, disse a PF nesta terça-feira (8).

O acidente é investigado também pela Força Aérea Brasileira (FAB), por meio do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) II, localizado em Pernambuco. De acordo com o órgão, “os trabalhos relativos a esta ocorrência estão em andamento”.