O estado de Sergipe encerrou este mês as últimas restrições de público em atividades sociais impostas pela pandemia da covid-19, depois de quase 20 meses, mais de 278 mil casos confirmados da doença e 6.031 vidas perdidas. 

A partir de agora, essas atividades pode ocorrer sem limites de lotação ou horário em espaços abertos ou fechados.

O uso de máscara facial, contudo, permanece obrigatório, assim como a exigência da apresentação do comprovante de vacinação com esquema vacinal completo (2 doses ou Dose única) em eventos, ou do teste antígeno negativo realizado com, no máximo, 72 horas de antecedência.

Os municípios têm autonomia para manter as restrições que eventualmente julgarem necessárias. A realização de eventos de qualquer natureza continuam dependendo de autorização prévia da Secretaria de Estado da Saúde (SES), que é responsável pela elaboração do protocolo sanitário para cada tipo de atividade/espaço.

Uma nova reunião do comitê técnico científico que monitora a pandemia está agendada para esta quinta-feira (4).

Na pasta, ainda não há previsão de quando o uso da máscara deve ser liberado, assim como tem ocorrido em outros estados. Apesar de ainda não haver uma data definida, a expectativa é que a medida seja implementada de forma gradual, a começar pela liberação em locais abertos. 

O fim das restrições ocorre porque a pandemia é considerada controlada no Estado, o que reflete os resultados da campanha de vacinação iniciada em janeiro deste ano. Nas últimas 24 horas, apenas 7 novos casos foram confirmados e nenhum óbito. Em toda a rede hospitalar, tanto pública quanto privada, 21 pessoas estão internadas em tratamento contra a infecção, sendo 17 delas em leitos de UTI. 

Em Sergipe, 73% da população já recebeu ao menos uma dose de vacina e 50% está com a imunização completa. Os percentuais correspondem a quase 3 milhões de doses de imunizantes aplicadas entre os sergipanos.

Em Aracaju, há quatro dias consecutivos não são registrados óbitos em decorrência da covid-19 e apenas 3 casos foram confirmados nas últimas 24 horas. Na capital sergipana, 512.232 pessoas receberam ao menos a primeira dose de vacina contra a covid-19. Dessas, 402.199 já foram vacinadas com a segunda dose ou a dose única. 
 

*Texto alterado para correção e acréscimo de informações. Diferente do informado anteriormente, a liberação em vigor se restringe a quantidade de público em eventos.