O Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse) atendeu no Pronto Socorro, entre os dias 23 e 24 de junho, nove pacientes vítima de queimaduras. Dois adultos e uma criança foram vítimas de queimaduras por fogos de artifício.

De acordo com informações do hospital, cinco casos de queimaduras foram registrados na véspera de São João e quatro ontem, dia 24. Além da queimadura por fogos, os demais atendimentos foram por manuseio com bombas e pólvora, líquidos superaquecidos, uso de álcool para cozinhar, além de queimadura elétrica. Todos os pacientes receberam atendimento médico e já foram liberados, com exceção do  paciente que sofreu queimadura elétrica que está internado na Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ), por apresentar lesões mais graves.

O superintendente do Huse, Walter Pinheiro, chama atenção da população para a necessidade de redobrarem os cuidados durante os festejos juninos. “Esses são dados da véspera e noite de São João, um período que geralmente é crítico porque tradicionalmente nós temos um aumento do número dessas ocorrências. É importante que as pessoas continuem aproveitando os festejos com cuidado e moderação, esse alerta deve permanecer pelo período todo dos festejos juninos”, enfatiza o superintendente.

A orientação da gerente da UTQ, Wandressa Nascimento, em casos de queimaduras é não usar nenhum produto na lesão.  “Se tiver chama, o ideal é fazer a pessoa rolar no chão para apagar essa chama e depois resfriar essa queimadura por 30 minutos, em água corrente. A queimadura sempre precisa ser resfriada para não aumentar a lesão. A água não precisa ser gelada, ele tem que estar natural. Pode usar a água da torneira ou chuveiro, e nunca passar nenhum produto na queimadura. Resfria e procura atendimento médico”, recomenda.

com informações do Huse