O governo do Estado decidiu hoje (2) aplicar as restrições sociais válidas aos domingos para esta quinta-feira (3), feriado de Corpus Christi, em todo o território sergipano. Dessa forma, comércios, bares, restaurantes e demais atividades consideradas não essenciais estão proibidas de funcionar, assim como o acesso às praias. E o toque de recolher será válido de 22h às 5h.

 Na reunião do Comitê técnico-científico desta tarde, também foi definida a proibição de realização de eventos no período junino, de natureza pública ou privada, em qualquer ambiente. Apenas as transmissões de shows online, sem a presença de público, não devem ser afetadas. O governo definiu que o comércio de fogos e fogueiras será disciplinado e fiscalizado por cada município.

Outra deliberação que deve ser incluída na nova Resolução autoriza que shoppings e galerias comerciais voltem a funcionar às segundas-feiras, mantendo a abertura também aos sábados, como já tinha sido liberado. O governo deve publicar uma nota com o detalhamento das deliberações.

O formato do toque de recolher não sofreu alterações e deve ser mantido de quinta-feira a sábado das 22h às 5h. Permanecem inalteradas as restrições para a Região Metropolitana de Aracaju, Estância, Lagarto e Itabaiana, onde praias, bares, restaurantes e demais atividades não essenciais devem ficar fechadas aos domingos.

A moderação na flexibilização das restrições sociais, segundo auxiliares do Executivo estadual ouvidos pela reportagem, se deve ao elevado índice de ocupação da rede hospitalar, que está operando com uma taxa de 99% nos leitos SUS e 90% em hospitais privados.

A pressão sobre o sistema de saúde é reflexo do ainda elevado nível de contágio da covid-19 entre os sergipanos. A média móvel de novos casos está em 1,4 mil nos últimos sete dias e 24 novos óbitos diários. Esses indicadores apontam uma tendência de alta em relação aos 14 dias anteriores.