A Secretaria de Estado da Saúde (SES) de Sergipe alerta a população sobre os riscos de doenças respiratórias, especialmente em crianças, idosos e pessoas com imunidade comprometida. Confira como evitar esses problemas.

Embora possam ser detectadas durante todo o  decorrer do ano, a recorrência da doença respiratória é maior durante os períodos mais frios e úmidos.

Segundo a médica do Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse) e da Sociedade Sergipana de Infectologia, Gilmara Batista, todos devem ter cuidados, mas principalmente os idosos, imunocomprometidos e crianças.

“No inverno, temos uma queda na temperatura e na umidade do ar. O ar seco pela baixa umidade favorece a concentração de poluição no ar, o que estimula o desencadeamento das crises alérgicas. O comportamento da população em deixar os ambientes fechados facilita a disseminação de vírus.” afirma Gilmara.

Mantenha o alerta e os cuidados

Doenças respiratórias podem evoluir para maiores complicações, explicou a médica. Infecções virais e bacterianas são muito comuns, contudo deve se ficar atento à insistência de febre e tosse, pois são sinais de que você precisa procurar ajuda. 

Para evitar essas infecções, os cuidados não são diferentes das recomendações válidas quanto ao coronavírus, causador da Covid-19.

“Lavar as mãos com frequência e fazer o uso da máscara em pessoas já infectadas é essencial. Tomar as vacinas, seja para Covid-19 ou para o vírus da gripe, também é extremamente importante para permanecer saudável”, completa a infectologista.

Com informações de Agência Sergipe