Não está descartada a possibilidade do deputado estadual Zezinho Sobral, presidente do Podemos em Sergipe, deixar o partido. O motivo é a filiação da Delegada Danielle Garcia que deixou o partido Cidadania e se filiou na última terça-feira, 21, ao Podemos.

Zezinho manifestou, através de nota, sua insatisfação com chegada da delegada ao Podemos e deixou claro que a filiação dela é um ato da executiva nacional do partido, e que não teve a concordância das executivas estadual e municipais.

Sobre a possibilidade de deixar o Podemos e os rumores de que a delegada assumirá a presidência da sigla em Sergipe, a assessoria de comunicação de Zezinho informou que o deputado está em viagem e que em breve se reunirá com os correligionários, membros da Executiva Estadual e dos diretórios municipais para discutir esse e demais temas.